'E&P': Brasil e China fortalecem parceria no mercado de petróleo e gás

 participação da China no mercado de petróleo brasileiro ganha destaque em matéria de Brunno Braga no portal E&P. Tradicionalmente, destaca, as relações de negócios entre os dois países tinha como base predominante o comércio. "Apesar da China estar em busca de oportunidades em diversas áreas, o setor de petróleo e gás tem um papel especial entre os setores nos investimentos. De fato, esta tendência já começou", escreve.

Brunno Braga cita a crescente participação de empresas chinesas no pré-sal brasileiro, e também o contrato da Petrobras com o Banco de Desenvolvimento da China. 

O Brasil é um importante vendedor de recursos naturais como minério de ferro e soja para a China, enquanto o Brasil importa muitos bens manufaturados do país asiático. 

Para Anderson Dutra, da KPMG Consulting, cooperações como esta entre a Petrobras e o banco chinês cobrirão o financiamento e locação de plataformas de petróleo e outros equipamentos necessários para a área de E&P e investimentos conjuntos em exploração e refino. "O Brasil não é apenas importante para assegurar petróleo aos chineses. O mercado de petróleo brasileiro também pode contribuir para formar contratos com a indústria de construção naval e fabricantes subsea, principalmente porque o Brasil recentemente implementou reformas na política de conteúdo local", diz Dutra.